Sumário

1. Ter boa comunicação

2. Conhecer individualmente os integrantes do time de vendas

3. Valorizar seus colaboradores

4. Otimizar os processos com o uso de tecnologia

5. Mensurar o desempenho dos resultados

6. Utilizar o funil de vendas para alcançar os objetivos da empresa

Pensar que o profissional responsável pela gestão de vendas tem a mesma rotina que um vendedor da equipe, composta por atividades e responsabilidades semelhantes, é um grande equívoco.

Afinal, o gestor da equipe de vendas, como um profissional moderno, competente e comprometido com a entrega dos melhores resultados à empresa, precisa se preocupar não somente com cada detalhe do processo de vendas, mas também com a produtividade de todo o time que está sob a sua liderança.

Por isso, neste post, abordaremos algumas das principais dicas que todo gerente de vendas precisa saber, como a fluência e a objetividade na comunicação, a valorização de seus colaboradores, métricas para mensurar resultados, o uso da tecnologia e muito mais. Continue a leitura do conteúdo para conferir!

1. Ter Boa Comunicação

Qualquer profissional, que lida diretamente com o público, sabe que a boa comunicação é como um “pré-requisito”, não é verdade? Para se destacar profissionalmente é necessário ter raciocínio ágil, habilidade de argumentação e muito conhecimento a respeito do mercado.

Entretanto, quando se trata de gerenciar uma equipe de vendas e aderir às melhores práticas, para garantir bons resultados ao negócio, o assunto é um pouco mais complexo, já que essa tarefa implica capacidade de liderar.

Portanto, o gerente de vendas precisa saber como desenvolver uma boa comunicação, pois dessa forma ele pode participar ativamente dos processos da equipe, o que o torna mais acessível e humaniza a sua função diante dos colaboradores.

Além disso, com uma comunicação eficiente e objetiva, o gestor se torna ciente das dores e potencialidades de seu time de vendas, e isso lhe dá mais precisão na hora de estipular metas e demandas, de modo que não sobrecarregue ou subestime os seus liderados.

2. Conhecer Individualmente os Integrantes do Time de Vendas

Ainda no âmbito da comunicação, é imprescindível que o gerente de vendas conheça individualmente os integrantes da equipe que lidera. Somente dessa forma ele poderá acompanhar as métricas de desempenho de maneira justa e minuciosa, podendo tomar decisões assertivas para desenvolver os pontos altos de cada membro da equipe.

O líder que não tem nenhum conhecimento sobre as pessoas que estão sob a sua responsabilidade encontra grandes obstáculos para alcançar os objetivos da empresa, além de afetar o desenvolvimento do grupo.

Por isso, entender as dificuldades de cada vendedor é um ótimo gatilho para aproximar a equipe e o seu líder, de maneira que o gestor consiga se tornar mais colaborativo e presente nas atividades.

3. Valorizar os Seus Colaboradores

Qualquer empresa é composta por pessoas, correto? Afinal, por mais simples que pareça, toda atividade tem o seu grau de importância e contribuição para o negócio funcionar corretamente.

Tendo isso em mente, o gerente de vendas precisa saber valorizar cada colaborador que integra a sua equipe, jamais se esquecendo de que, como líder, ele tem uma grande responsabilidade pela performance do time como um todo.

Mas para isso é necessário reconhecer o valor de cada indivíduo do grupo. Por isso, é importante recompensar financeira e profissionalmente os seus vendedores, mediante a sua performance, por meio de comissões, bonificações, reconhecimentos e premiações.

A perspectiva do mercado moderno mostra que as pessoas não são simples meios de produção, mas que sua opinião e bem-estar são fatores importantíssimos para qualquer setor empresarial. Isso é ainda mais importante no segmento de vendas, já que quanto mais o profissional se sente valorizado, melhores resultados ele buscará.

4. Otimizar os Processos com Uso de Tecnologia

Falando em modernidade, não poderíamos deixar a tecnologia fora desta lista, não é verdade? Cada vez mais softwares, aplicativos e sistemas inteligentes têm sido implementados no cotidiano profissional, por causa de seus benefícios como a automação de tarefas, segurança e agilidade nos processos.

Portanto, para manter a empresa competitiva, como gerente de vendas, é sua função otimizar as tarefas de toda a equipe por meio de ferramentas tecnológicas.

Um bom exemplo é o uso de um CRM de vendas, que é capaz de fornecer informações importantes sobre o comportamento do cliente, permitindo que as melhores estratégias de prospecção sejam desenvolvidas.

Entre os benefícios que a integração de uma ferramenta tecnológica pode proporcionar ao seu time de vendas, podemos citar:

  • ganhos exponenciais de produtividade;
  • melhorias na comunicação interna;
  • mais colaboração entre os integrantes da equipe de vendas;
  • assertividade na obtenção de dados dos prospects;
  • resultados de vendas mais precisos.

Além disso, possibilita uma razoável projeção de vendas nos períodos futuros, com base nos resultados anteriores e no comportamento dos clientes.

5. Mensurar o Desempenho dos Resultados

Como saber se os resultados das vendas estão satisfatórios e a empresa competitiva se não houver parâmetros ou métricas para mensurar o desempenho?

Em função disso, todo gerente de vendas precisa saber como medir a performance não somente das vendas, mas da produtividade de seus vendedores, de suas ações de prospecção, entre outros aspectos relevantes.

Afinal, um profissional de vendas experiente e qualificado para lidar com o mercado exigente, como o atual, deve estar sempre em busca de conhecimento, inovação e tendências modernas, mantendo-se constantemente um passo à frente da concorrência.

6. Utilizar o Funil de Vendas para Alcançar os Objetivos da Empresa

O funil de vendas é, sem dúvidas, uma das métricas de performance mais básicas da atualidade. Comumente utilizado por profissionais de marketing e de vendas, é normal que o funil seja amparado por um sistema de CRM, tornando o processo muito mais ágil e preciso.

Para se ter uma ideia de seu alto índice de eficiência, o funil de vendas ajuda a equipe de vendas a identificar toda a jornada de compra dos clientes. Ele permite que as melhores estratégias sejam desenvolvidas, focando no comportamento de consumo de cada uma de suas etapas.

Dessa forma, nenhuma oportunidade é perdida, pois o gerente de vendas tem meios altamente efetivos para prospectar, adquirir e fidelizar clientes.

Agora que você já conhece os principais aspectos que o gerente de vendas precisa saber para realizar sua função com efetividade, compartilhe este conteúdo com os seus amigos e familiares nas redes sociais!