Coaching para as 3 Fases da Criação de Realidade

Você sabia que um projeto pessoal ou profissional funciona como se fosse uma criação de realidade?

É verdade. Você vai criar algo que ainda não existe concretamente.

Nem que seja uma nova versão de si mesmo.

Para qualquer criação de realidade, profissional ou pessoal, passamos por três fases.

São fases distintas e cada uma tem teus desafios.

Neste artigo quero falar com você de uma forma genérica sobre este modelo. Em outros posts vou analisar detidamente os desafios e circunstâncias de cada fase.

E quais são as fases que passamos para criar algo?

1] A geração da idéia.
2] A implementação da idéia.
3] A sustentação da energia para fazer o projeto vingar.

A geração da ideia tem a ver, por exemplo, com a vontade de montar um negócio. Para criar, precisamos de energia. Contudo, às vezes estamos em estados emocionais lamentáveis que não nos permitem ter idéias.

Quando estamos desanimados, descrentes, com energia negativa, raramente surgem idéias de projetos ou de mudanças. É quando ficamos enredados em problemas, geralmente pensando nos “porquês” de estarmos como estamos.

Quando estamos nesta fase, nada nasce, nada se cria. A ideia surge quando estamos equilibrados. Para isso, precisamos saber gerenciar nossos estados emocionais.

A segunda fase é a da implementação. Fase fundamental em que “damos luz à criança”. E este nascimento precisa ser o melhor possível.

Muitas pessoas deixam de criar o que desejam em suas  vidas por falhar nesta fase. Este é um momento em que definição correta de metas e adequado planejamento criam a estrutura e a sustentação para as ações seguintes.

Às vezes falhamos por não conhecer a forma correta ou mais indicada de estabelecer o projeto. É um ponto fundamental e que me dediquei a falar muito sobre ele no Curso Digital Felicidade.

A terceira fase é o “ficar na fila”, “não abandonar o barco”, perseverar, persistir, continuar. Trata-se de uma das fases mais desafiadoras de qualquer criação.

Muitas pessoas são ótimas de idéias. Outras são ótimas em idéias e fazer o projeto decolar, tirar o avião do chão. Contudo, grande parte de nós não tem a sustentação de energia necessária para manter o avião no ar.

Nesta etapa, assim como a relativa a metas e planejamento, são necessárias estratégias para você permanecer ou ajustar a rota. Aqui estou falando de conceitos como acompanhamento, revisão, análise e outros. São pontos que também abordo no Curso Digital Felicidade.

E você?

O que você está querendo criar em sua vida?

Em quais fases você considera que tem pontos fortes?

Em quais fases você considera que tem pontos a desenvolver?

Que competências você precisa desenvolver para criar o que deseja?

Espero que estas reflexões motivem você em relação ao que você deseja criar!

Espero também que este conteúdo tenha agregado valor.

Se sim, compartilhe nas suas redes sociais.

 


Fred Graef
Fred Graef

Palestrante, Coach e Consultor. Especialista em Vendas, Liderança e Alta Performance.