Assim como qualquer tipo de relacionamento, a relação existente entre clientes e empresas está sujeita a esfriar ao longo do tempo e por mais incrível que possa parecer, a causa tende a ser a mesma de um relacionamento amoroso: comodismo.

No momento da conquista, tanto da pessoa amada como do cliente ideal, movemos mundos e fundos. Vamos de de flores espontâneas e ofertas imperdíveis e acabamos em um relacionamento marcado por atitudes mecânicas e impessoais.

A pergunta é: mas como manter um bom relacionamento com o cliente com o passar dos anos e não deixar a relação esfriar?

Conheça o seu cliente

O primeiro passo para seguir tendo uma boa relação com o cliente é ir aprofundando o seu conhecimento sobre ele ao longo do tempo.

Você já compra da empresa há anos, qual é o sentimento de receber um e-mail contendo uma oferta que não tem absolutamente nada a ver com você ou a sua empresa? Não é a mesma sentimento de você detestar uma determinada cor e ganhar um presente de aniversário justamente da cor detestada?

Sim, após anos de relacionamento, os clientes esperam que a empresa tenha um comportamento mais customizado, que mandem ofertas certeiras, caso contrário, o caminho mais natural é rolar o e-mail até o final e clicar no botão unsubscribe.

Existem inúmeras ferramentas disponíveis no mercado que ajudam a gerenciar a relação com o cliente e explorar ao máximo o seu potencial, como os CRMs. Invista em relacionamento sempre, quanto mais tempo um indivíduo for cliente da sua empresa, mais ele vai esperar dela.

Nutrição de leads

Conhecendo melhor o seu cliente se torna mais fácil nutri-lo de forma eficiente. De nada adianta mandar e-mail marketing com ofertas da linha plus size para uma cliente tamanho 36 e vice-versa.

O mesmo vale para negócios entre empresas. Se o público-alvo do cliente pertence a classe A, não adianta enchê-lo de ofertas de uma linha de produtos destinada à classe C.

A correta ação no momento da nutrição é fundamental para manter o cliente engajado e vender mais!

Mantenha um relacionamento com o seu cliente

Não basta se acomodar e deixar que todo o relacionamento com o cliente seja baseado em contatos automatizados. Mande e-mail personalizados, faça uma ligação de vez em quando e, sobretudo em se tratando de negócios B2B, marque encontros presenciais, nem que seja apenas para tomar um café e “colocar o papo em dia”.

Para ter um cliente fiel e ativo é importante criar laços de confiança e para isso, deixe claro que a relação não está pautada só no fechamento de negócios.

Conhecendo o seu cliente, prestando atenção em quem ele é e o que ele busca, a equipe de vendas estará mais preparada para montar uma estratégia certeira e melhorar o seu desempenho nas vendas.

Lembre-se sempre de quantas tentativas e esforços são necessários para transformar prospects em clientes. Se você já conquistou algum cliente uma vez, por que não investir na relação para que ela e torne duradoura e ativa?