Mudam as plataformas e os meios de abordar novos clientes, mas as tecnologias também introduziram um novo temor para o gestor: o de ter sua iniciativa frustrada por conta de um envio de e-mail não solicitado.

É este, afinal de contas, o tipo de situação que costuma encerrar negociações antes mesmo de apresentar a sua empresa (e a si mesmo) ao cliente em potencial. No entanto, esse pânico virtual pode ser resolvido, bastando saber como prospectar por e-mail.

São dicas práticas e que podem ajudar a construir um importante elo entre você e o seu público-alvo, para que cada disparo seja uma mensagem mais que bem-vinda na caixa de entrada dos seus prospects. Confira!

Como prospectar por e-mail

Em primeiro lugar, basta pensar na quantidade de e-mails “indesejados” que você recebe diariamente. Como resultado, o cliente deixa de responder e-mails ou ligações com o tempo.

Isso, entretanto, não reduz o poder de eficácia e o alcance de campanhas por e-mail. Afinal de contas, existe um público específico esperando para receber novidades suas.

E quem não me deixa mentir é uma pesquisa feita pela consultoria McKinsey, que aponta a prospecção por e-mail como até 40 vezes mais eficiente do que campanhas de feitas pelo Facebook e o Twitter. Juntos!

A resposta, portanto, está nas estratégias elaboradas para impactar o seu público-alvo.

As grandes tendências na prospecção por e-mail

Afinal de contas, até mesmo o público virtual já mudou os seus hábitos de consumo. O que pode atrapalhar esta estratégia é o disparo de e-mails genéricos, com pouco toque pessoal.

Afinal, estamos aprendendo como prospectar por e-mail, e isso significa o estabelecimento de um diálogo com o cliente. Evitar mensagens genéricas é fundamental, portanto.

Além disso, mais que mostrar os benefícios do que você tem a oferecer, uma boa prospecção por e-mail entrega valor ao cliente.

Ou seja: você deve mostrar que conhece os obstáculos e desafios desse cliente e, a partir daí, agregar valor mostrando como você pode ser o referencial para solucionar essas questões pontuais do seu público-alvo.

Por fim, lembre-se que um planejamento sobre como prospectar por e-mail passa por 3 pilares estruturais essenciais:

Interação contínua e um tom de voz adequado com o perfil desse público (lembre-se: o seu e-mail é um diálogo, e não um panfleto de vendas);

Crie templates que sejam responsivos com a tecnologia mobile, já que muitos (se não a maioria) dos seus clientes já possuem o hábito de usar o smartphone para tudo, basicamente – inclusive, checar e responder e-mails;

Seja objetivo, em sua mensagem, e use palavras em negrito para chamar a atenção do seu cliente em potencial para o objetivo do seu e-mail.

Dicas para prospectar por e-mail com sucesso

Quem procura saber como prospectar por e-mail deve ter uma dúvida em comum – independentemente do seu setor de atuação: como despertar o interesse do prospect?

Para isso, todo o seu e-mail deve ser minuciosamente elaborado focando em alguns aspectos:

Diferencie-se já na aparência do seu e-mail

Tome como exemplo a quantidade de e-mails que você ignora diariamente. O que essas mensagens têm que despertam tão pouco interesse em você?

Seu prospect pensa de maneira similar. Por isso, diferencie-se e mude a cor e a fonte utilizadas, por exemplo, para tornar seus e-mails exclusivos e mais atrativos.

Fisgue seu prospect no assunto do e-mail

Uma vez que o endereço de e-mail foi coletado, e o cliente permitiu o seu envio de mensagens, é hora de chamar a atenção desse perfil de cliente.

E nada melhor do que começar pelo assunto do e-mail. Vale, aqui, a objetividade e a personalização, pois assuntos que possuam o nome do cliente têm maior taxa de abertura.

Pense também na limitação natural de caracteres de um título de e-mail. Para isso, concentre sua mensagem em até 50 caracteres e tente alcançar o seu prospect com uma pergunta, convite ou mesmo um conselho.

Crie mensagens fáceis de absorver

Objetividade, simplicidade e criatividade. Importante tríade para fazer com que seu cliente em potencial leia o e-mail rapidamente e se identifique de imediato com a mensagem.

Convém usar links para que o cliente acesse-os, posteriormente, quando já houver interesse. Sem falar na sua proposta: como já mencionamos, ela deve ser objetiva e explorar justamente as vantagens que o seu negócio pode trazer para as necessidades desse cliente em particular.

==> Assista este vídeo: Fale dos Benefícios na Prospecção

Coloque seu objetivo no encerramento do e-mail

Além da sua assinatura, que deve estar no final da mensagem, acrescente um call to action ao seu e-mail: aquele imperativo que vai permear todo o seu objetivo.

Pode ser um convite a conhecer o seu negócio, para que o cliente entre em contato ou mesmo para que ele agende uma visita ou ligação.

Assim, mais que uma breve leitura, o cliente saberá o que fazer – e como fazer – para procurá-lo após ter o seu interesse fisgado.

Agora que você já sabe dicas importantes sobre como prospectar por e-mail, que tal também conhecer os 3 maiores erros de venda, reunidos em um e-book gratuito para você aprender a otimizar as suas campanhas?


Equipe FG
Equipe FG

Equipe FG Desenvolvimento