Você está focado em como vender mais?

Ou está perdendo a sua energia em fazer análises econômicas?

Sabemos desde os tempos bíblicos que existem os ciclos econômicos.

Temos épocas de expansão e períodos que muitos entendem como de retração.

Não vou negar esta realidade.

O que me deixa irritado é ver vários empreendedores ou profissionais com a síndrome de economista. É uma síndrome que acomete empreendedores e profissionais de vendas.

Veja abaixo alguns sintomas da síndrome de economista …

. Saber quanto caiu o PIB no ano passado mas não saber qual o total de negócios que tem no seu pipeline.

. Saber quanto foi a inflação no ano ou mês passado mas não saber o total de prospectos que tem em sua lista.

. Comentar sobre quais e quantas empresas estão fechando e qual a taxa de desemprego mas não saber a agenda de visitas da semana.

. Analisar as variações da taxa de câmbio e da taxa de juros mas não saber quais são as taxas de fechamento e quais negócios previstos para o próximo mês.

Você pegou o espírito …

Semana passada recebi um cliente em meu escritório. Ele é Diretor Comercial. Começou a conversa falando da dificuldade dos negócios, que está quase tudo parado, que a previsão para o semestre é de queda e blá blá blá.

Quase dei um choque elétrico nele 🙂 . Falei num tom de brincadeira … “Meu amigo, não estamos aqui para fazer análise ou projeções econômicas. Estamos aqui para trabalhar. E trabalhar é vender. Nem que seja fazer contatos”.

Essa é energia que você precisa ter.

Várias empresas aproveitam os momentos das chamadas “crises” para se aproximar ainda mais dos seus clientes.

Não tem jeito … O Nosso negócio é trabalhar e gerar oportunidades. E ponto final!

Neste post quero chamar sua atenção para este fato e como se afastar totalmente da síndrome do economista.

E para isso, vou compartilhar ideias para você ter em mente e manter o seu foco em como vender mais.

O Seu Negócio é Vender

Tenha este mantra no seu subconsciente. Repita várias vezes na sua mente … “O meu negócio é vender”.

Abandone os pensamentos de análise econômica ou prognósticos mais sombrios.

Pare de falar em quais empresas fecharam e quantas pessoas foram demitidas.

Se essas ideias vierem na sua mente, simplesmente diga … “Chega”, “Silêncio”, “Pare com Isso”.

Abandone este padrão mental.

E imediatamente volte o seu foco para o que você precisa fazer ou criar.

Pegue o telefone e comece a ligar para os clientes de carteira. Nem que seja só para dar um alô e mandar um abraço.

Faça um email. Pesquise novos prospectos.

Faça qualquer coisa! Crie! Inove!

Seu negócio é vender.

Este é o mantra de como vender mais.

Sempre Existem Oportunidades

Eu sei que parece papo de autoajuda. Mas não é.

Tenho vários clientes em vários segmentos que estão crescendo.

Outros estão procurando novos mercados. Estão viajando mais e “gastando mais sola de sapato”.

Tem que se mexer!

Como dizia o sábio do meu sogro … “Caminhão parado não ganha frete”.

É aquela história de que o ideograma (símbolo) chinês para crise é o mesmo que oportunidade.

Ou aquela frase que você já leu várias vezes … “Risque o S da crise” e transforme em “Crie”.

E é isso mesmo!

Esta Vida é ilimitada e o Homem sempre foi criativo e trabalhador para vencer desafios.

Aproveite este momento para buscar as oportunidades. Elas existem!

Precisamos apenas é treinar e disciplinar o olhar para encontrá-las.

Manter ou Desenvolver Contatos Mantém a sua Energia

Ok, entendo que eventualmente na linha de produtos ou serviços que você vende pode ter ocorrido uma redução no volume da comercialização.

De qualquer forma, além de buscar oportunidades, intensifique os seus contatos.

Isso pode ser tanto com seus clientes atuais de carteira quanto com seus prospectos.

Você precisa “rodar”, “andar”, falar com as pessoas.

As oportunidades estão “na rua”, nos seus contatos.

Você verá que só pelo fato de estar em contato com pessoas sua energia vai subir.

Você manterá sua motivação elevada e engajada para continuar procurando e gerando oportunidades.

Blindagem da sua Posição

Quando você continua “girando” e falando com pessoas, você blinda sua posição.

Quando os negócios voltarem a aquecer novamente (e eles sempre voltam), quem você acha que os clientes e prospectos vão lembrar primeiro?

Se você é empreendedor ou empresário, esta é uma das suas missões prioritárias. Você está fortalecendo o posicionamento da sua empresa na mente dos seus clientes e prospectos.

E se você é um profissional de vendas, idem. Você vai estar preparando a terra e semeando para a colheita futura. E se você é funcionário, no mínimo você está protegendo a sua posição mostrando para o seu empregador que você está atuando. Ele sabe que a colheita vai vir.

Lembre-se de que intempéries existem, mas a colheita sempre vem.

Oportunidade para Ser Criativo

Cada vez mais vivemos a realidade da “Economia Criativa”.

Trocando em miúdos, significa pensar em novas formas de agregar valor, de satisfazer necessidades e desejos.

Você pode fazer várias coisas … Pensar novos produtos, novas soluções, novos serviços.

Ser criativo é exercitar a sua capacidade de “pensar fora da caixa”.

Não existe esta coisa de pessoas mais criativas e menos criativas. Esqueça isso!

O que existem são pessoas que se dedicam mais ao processe de pesquisar e inovar.

Aproveite os momentos mais desafiadores para expandir a sua competência de criar.

Preparação Para Quando o Mercado em Geral Reagir

Já comentei com você mas sempre vale a pena repetir.

O mercado sempre volta.

As épocas de pico na atividade econômica sempre retornam.

Estar preparado é como surfar. Você não pega a onda quando ela já se formou ou já estourou.

Para começar, você não para de remar nunca. Você rema ora para um lado, ora para o outro analisando a formação das ondas. Quando uma pequena elevação no mar começa a se formar, você rema com mais força, se preparando para uma possibilidade de onda.

Note bem …. uma possibilidade de onda.

Nas suas vendas, não é diferente.

Você precisa estar remando sempre e esperando as ondas.

Ou, como dizia um mentor que eu tive … “Boi lerdo bebe água suja”.

Não seja o boi lerdo.

Pense nisso.

Resumo

Precisamos estar focados em vender, e não em como está o ciclo do mercado (se existe uma suposta “crise”).

Avaliar se existe ou não uma crise é para analistas, comentaristas econômicos e economistas chefes de bancos.

Nós estamos no negócio de vender … De ajudar as pessoas a resolverem seus problemas e satisfazerem suas necessidade e desejos.

Vimos neste artigo uma séria de ideias para você ter em mente se a síndrome de economista começar a rondar você.

Lembre-se …

[1] O Seu Negócio é Vender.

[2] Sempre Existem Oportunidades.

[3] Manter ou Desenvolver Contatos Mantém a sua Energia.

[4] Blindagem da sua Posição.

[5] Oportunidade para Ser Criativo.

[6] Preparação Para Quando o Mercado em Geral Reagir.

Em síntese, mantenha o foco em como vender mais e, como diz um cliente e amigo … “esqueça os noticiários e análises econômicas”.

Coloque o seu foco em ajudar as pessoas e empresas e em como vender mais.

E para você turbinar o seu resultado, recomendo que você faça uma autoavaliação dos Os Pilares do Sucesso em Vendas – Checklist.

==> Leitura Recomendada: Os Pilares do Sucesso em Vendas – Checklist

Convite

Gostou do artigo? Então receba o Ebook Gratuito “Os 3 Maiores Erros de Vendas” e Receba nossos Emails com Dicas sobre Vendas e Negociação. Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

privacy Fique tranquilo ... Nunca enviamos SPAM ...

O que você achou do artigo?

Tem a ver com a sua realidade ou com a sua experiência?

Agregou valor?

Deixe abaixo o seu comentário.

Participe!

 


Fred Graef
Fred Graef

Palestrante, Coach e Consultor. Especialista em Vendas, Liderança e Alta Performance.